Comentários Antigos

Introdução Técnica

Este blogue estava em outro endereço usando outro motor… Ao trazê-lo para cá os comentários antigos não puderam ser importados (por falta de habilidade técnica de minha parte!).

Para não perdê-los (pois os comentários são parte importante de um blogue!) trouxe-os para esta página usando o RSS dos comentários e colando aqui.

Comentários Antigos


Rodrigo [Visitante] em resposta a: Questão 22 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2011

10-09-2011 17:02

Juliana , sempre gravidade é igual a 10 .. você teria que saber isso , pois é primordial 😀

ray [Visitante] em resposta a: Questão 32 – 1 Exame de Qualificação – UERJ 2010

27-08-2011 18:03

voce disse bem facil onde isso nao faz sendido algum



Velocidade do Foguete: Vf = 4Km/t

Velocidade do Avião: Va = 1Km/t



Velocidade de aproximação foguete/avião: Vf – Va = 3Km/t

ate aqui deu para intender normalmente depois vc começou a embolar tudo

deveria ter um jeito melhor de chegar ao resultado nao que seja mais
facil de fazer mas melhor para entender pq esta muito embolado isso

Berna [Visitante] em resposta a: Questão 35 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2012

21-08-2011 14:52

Olá!
Alguém em meu grupo Myspace compartilhada neste site comigo assim que
eu vim fazer check-out. Eu definitivamente estou amando a informação.
Estou livro marcação e será twittar isso para os meus seguidores! Blogue
excepcional.

Ariel [Visitante] em resposta a: Questão 25 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

20-08-2011 14:41

Ela é sem vergonha, visto estarmos lidando com a UERJ, famosa por suas pegadinhas. A minha intuição foi fazer uma regra de três!



1200 ——— 120

X ———— 96



Multipliquei e dividi e X deu 960.

Estando no gabarito eu acabaria marcando a C e não a B.

André [Visitante] em resposta a: Questão43 – exame de Qualificação 2- Uerj/2006

03-08-2011 19:12

Gostaria da resolução da questão 43 do vestibular UERJ 2006, 1° exame de qualificação. Obrigado

André [Visitante] em resposta a: Questão 42 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2006

03-08-2011 19:09

Gostaria da resolução da questão 43 de física do vestibular da Uerj 2006, 1° exame de qualificação. Obrigado

Juliana [Visitante] em resposta a: Questão 22 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2011

28-07-2011 09:46

Eu queria saber porque o g é 10 se na questão ele nao diz nada disso?

herbert [Visitante] em resposta a: Questão 22 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

02-07-2011 11:11

excelente explicação!!!! só fiquei com um pouco de dúvida sobre o cálculo da ddp. será que pode me ajudar??

Sérgio F. Lima [Visitante] em resposta a: Questão 22 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2011

18-06-2011 18:53

Olá guilherme e Thais,



Como é um vestibular com opções (4), era só verificar qual das opções,
elevada ao quadrado (que dá pra fazer sem calculadora), mais se
aproximava de 0,2!



abs

Thaís [Visitante] em resposta a: Questão 22 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2011

18-06-2011 15:00

verdade! como podemos calcular a raíz de 0,2 sem a calculadora?

Lilian [Visitante] em resposta a: Questão43 – exame de Qualificação 2- Uerj/2006

17-06-2011 17:05

Eu odeio isso.

Antonella [Visitante] em resposta a: Questão 29 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

11-06-2011 03:18

Por
que o peso dos carros foi dado como 1,2 x 10(elevado a quinta potência)
se o peso deles no total, dado pelo enunciado, é de 1200 x 10 = 12000
kg?



Pelo que eu entendi só há conversão de metro para centímetro, e não do peso.



Não deveria ser 1,2 x 10(a quarta)?





====


Opa Antonella,

Porque Peso (P) é igual a massa vezes a gravidade:

P = m.g

Sendo g = 10m/s² teremos para o peso P:

P = 1,2 x 10^4 x 10 = 1,2 x 10^5N

Capiche?

Espero ter esclarecido.

abs

Israel [Visitante] em resposta a: Questão 27 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2008

07-06-2011 20:07

Melhor site de resoluções de fisica!!! continuem assim ^^

Carolinne [Visitante] em resposta a: Questão 26 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

06-06-2011 21:49

Como sabe que eu devo usar os primeiros valores?

no caso ai usuou os primeiros que é, 49 e 14.

se fizer a razão dos outros daria o mesmo resultado?

obg.

Léo [Visitante] em resposta a: Questão 32 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

19-05-2011 19:36

Nessas horas meu filho, só a fé mesmo, quando olhar pra uma questão dessas reza e segura na mão de deus, acabou!

Rodrigo [Visitante] em resposta a: Questão 41 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2007

09-05-2011 20:48

A
letra “a” sempre tenta o candidato tanto nas questões da UERJ quanto da
UFF! Parece quase sempre a melhor alternativa. E raramente é.

Rodrigo Costa [Visitante] em resposta a: Questão 26 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2007

05-05-2011 15:30

pi/4 não é 45° ?? Entao cos45°/sen45° = 1. Tá errado isso ai..



Opa Rodrigo,



O enunciado diz, explicitamente, que teta é menor que pi/4 (Não igual!)





abs

wtf [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

15-04-2011 09:29

[tex=tempo]\Delta t[/tex] = 10/9 d /2v! (2)

Dividindo (1) por (2) e simplificando o d teremos:

vm = 18/10 v = 9/5 v

?

dickies work shirts [Visitante] em resposta a: Questão 26 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

07-04-2011 00:12

Are you currently serious? I cannot believe that this, specifically once all the nonsense that’s been going on lately already…

marcus [Visitante] em resposta a: Questão 35 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2008

03-04-2011 18:52

Onde fica a divisão /2 na equação de espaço?

entendi tudo mas não sei onde ficou a divisão na hora de substituir.

s = a.t²/2 >>>> X1 = g.(1/X1).t1² não deveria ser X1 = g.(1/X1).t1²/2?





====


Olá Marcus,

Você está correto. Está faltando o 1/2 nas duas equações horárias. (vou consertar).

Entretanto como o problema pede a razão dos tempos este 1/2 que falta
nas duas equações hhorárias se cancelam não alterando a resposta final
correta.

Obrigado por reportar este erro.

Abraços

Napoleão [Visitante] em resposta a: Questão 41 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

14-03-2011 23:04

Olá.
Veja que onde podemos clicar para ver o que “grandeza intensiva” somos
direcionados ao Wikipédia, onde explica o que é grandeza EXTENSIVA.





Abraços!

Weverson [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

25-02-2011 09:53

Muito intrigante!!!



Vamos imaginar uma mesma situação: Imagine que você está andando,também
com velocidade constante, e em pequenos intervalos de tempo você solta
uma bolinha de gude da sua mão e continua andando com velocidade
constante.Se um observador que está vendo o fenômeno tirá uma foto como
sairia está foto?

O que me chamou a atenção nessa questão foi que no enunciado fala que
as caixas foram LARGADAS e não lançadas (ou coisa do tipo) para que ela
saísse com a mesma velocidade do avião.

Mesmo tendo conhecimento das leis de Newton e do Princípio da Inércia fica confuso saber como realmente fica a foto.

Gustavo Mauricio [Visitante] em resposta a: Questão 32 – 1 Exame de Qualificação – UERJ 2010

14-02-2011 21:06

d = v.t = (4/t).[(4/3).t] = 16/3 = 5,3



Não entendi esse 4/t



Obrigado, o site é muito bom.

Dayra Rezende [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

13-02-2011 14:16

Professor eu na verdade não estou entendendo nada, não sei como fazer a conta ai esta assim :

v = d/t = 2.3.5×10-11m/2 x 10-15s

pra sair o resultado:

v = 1,5 x 105m/s

Mais o que eu não entendo é esse 2.3 da 1,5 como é isso?

diego bento portela [Visitante] em resposta a: Questão 26 – 2 Exame de Qualificação – Uerj 2011

11-12-2010 13:12

boa tarde… os exercicios estão bons para se resolver,



questões diferente vistas é claro que se dar para melhorar.



desejo reserber desafios de fisíca por imail… diego rack@hotmail.com

Daniele [Visitante] em resposta a: Questão 26 – 2 Exame de Qualificação – Uerj 2011

26-10-2010 14:16

Se pedisse a observação de um observador externo de como o copo cai, seria onde?

Ayrton Martins [Visitante] em resposta a: Questão 40 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2007

29-09-2010 14:12

muito boa a questão!

parabéns pelo site!

ajuda bastante!!!

abraços

guilherme felix [Visitante] em resposta a: Questão 22 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2011

10-09-2010 01:05

Na hora deste vestibular, felizmente chegeui a conclusão de ”TEMPO = RAÍZ DE 0,2”.

Mas o enunciado não disse qual era essa raíz e acredito que não tenho como calcular!

Thais [Visitante] em resposta a: Questão 27 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

06-09-2010 20:08

Muito boa sua resposta, so não consegui ver os 2 triangulos adjacentes, é que esqueci!!

Pode me ajudar!?!

daniele [Visitante] em resposta a: Questão 26 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2007

06-09-2010 16:13

Por que voce decompoe a força Peso?

pepe [Visitante] em resposta a: Questão 22 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

05-09-2010 18:31

valeu mssssssssmmmm!!!

tirei a minha duvidaaaa!!!!

brigadão…

flavia [Visitante] em resposta a: Questão 32 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

03-09-2010 16:42

vc sao muito certos isso mais nao e capas de aceitar uma questoes minha???????????????????????????

flavia [Visitante] em resposta a: Questão 32 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

03-09-2010 16:41

vc sao muitos chatos

paulo [Visitante] em resposta a: Questão 35 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2008

02-09-2010 23:21

me precipitei

🙂

vi 34 era 35 kk

paulo [Visitante] em resposta a: Questão 35 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2008

02-09-2010 23:19

no gabarito da uerj e resposta nao é essa



da 1

Rayane [Visitante] em resposta a: Questão 36 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2007

01-09-2010 19:11

Muito bom, era exatamente o que eu tinha que fazer no meu trabalho, Obrigada =)

Danielle Simas [Visitante] em resposta a: Questão 22 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

31-08-2010 13:00

Professor
Sério estou adorando acompanhar as questões pela sua página, porém
estou encontrando dificuldades para resolução de questões de
matemática. Você teria um bom endereço pra me recomendar?

Obrigada

edilaine [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2011

20-08-2010 16:26

muito boa , apareceu na hora q eu mais precisava….

adorei muito …….

Beatriz [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

20-07-2010 13:17

Nao compreendi a resposta ! e daonde saiu o 8/9 ??

Ednaldo Flauzino [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2011

16-06-2010 22:35

poo show a resposta gostei muito, vlw mesmoo!!!

Priscilla [Visitante] em resposta a: Questão 26 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

09-06-2010 17:49

Professor eu gostaria de saber se é possível o senhor resolver a questão 35 da UERJ – 1°exame de 2009.

uma que envolve pH e logarítmos

Bruno [Visitante] em resposta a: Questão 41 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2007

09-06-2010 02:14

A questão não é tão simples assim não!

O vestibulando geralmente fica nervoso,independente da questão q seja
facil ou dificl,e quando depara com uma dessa tenta se arriscar ou
chuta… Tentei resolver sozinho e me embolei um pouco,mas ia
conseguir.Talvez se fosse pra valer iria errar a questão.



Agradeço mto sua ajuda de qualquer forma!Vlw a pena!

Antes de ir,acrescento aqui pra vc arrumar a velocidade do 3º competidor>> v1= 90/3* q seria v3=90/3…

Abraços

Bruno [Visitante] em resposta a: Questão 41 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2007

09-06-2010 02:11

A questão não é tão simples assim não!

O vestibulando geralmente fica nervoso e quando depara com uma questao
dessa tenta se arriscar ou chuta… Tentei resolver sozinho e me embolei
um pouco,mas quase consegui.Talvez se fosse pra valer iria errar a
questão.



Agradeço mto sua ajuda de qualquer forma!Vlw a pena!

Antes de ir,acrescento aqui pra vc arrumar a velocidade do 3º competidor>> v1= 90/3* q seria v3=90/3…

Abraços





====


Olá Bruno,

Realmente na hora da prova, sob a pressão de passar ou não, as coisas não sao exatamente fáceis.

Por isso a preparação faz diferença. Pois se você se sente seguro, o nervosismo será menor.

Obrigado pela correção na solução, Já consertei!

abraços

michely [Visitante] em resposta a: Questão 23 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2006

08-06-2010 17:23

adorei
pode r ver a questão comentada…gostaria de er acesso a ais questoes
comentadas desta e de outras provas da uerj estou estudando para o
ezame deste ano. ceito dicas .obrigada

rielinha [Visitante] em resposta a: Questão 26 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

07-06-2010 16:50

Olá!! Gostaria de saber o porque do 60 em Q=60x24x39,2.



desde já agradeço





=====


Opa Rielinha,

Porque 1h tem 60 minutos!

Assim o total em 24h será 24 x 60 x 39,2 cal

Onde 30,2 é o valor de calorias em 1 minuto!

eduardo [Visitante] em resposta a: Questão 35 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2008

05-06-2010 19:08

olá,
nessa questão eu fiz d1/t1=d2/t2, uma vez que v=d/t e na questão
anterior a essa vemos que as velocidades são iguais. Fazendo isso,
encontro que t1/t2=raíz de 5/ raíz de 10, mas não sei se essa maneira de
fazer está errada, ou se raíz de 5/raíz de 10 = 1/raíz de 2, o que se
for, não sei qual propriedade aplicar para chegar a isso

Rodrigo [Visitante] em resposta a: Questão 32 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

03-06-2010 16:42

Prefiro
tentar resolver essa questão por física, porém não consegui compreender
a segunda resolução do Leonardo, achei que faltou uma melhor explicação
sobre essa segunda resolução do Leonardo.





====


OLá Rodrigo,

Na segunda solução do Leonardo é só substituir o Hmax por h (que é o
valor do gráfico) e t por t1 e t2 em cada uma das equaçãoes (que é o
valor de t para o vértice da parábola!).

Depois é só fazer as contas que estão indicadas na solução dele.

De qualquer modo isto só pode ser feito pois sabemos que o vértice se encontra na metade da parábola (t1/2 e t2/2).

abs

Gabi [Visitante] em resposta a: Questão 26 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2007

02-06-2010 02:23

Olá. Não entendi, no primeiro caso, porque a distância no momento do peso é igual a d/2.





=====


Olá Gabi,

A força peso sempre é aplicada no centro de gravidade dos corpos. No
caso de corpos homogêneos, que é o caso da barra, o centro de gravidade
fica no centro geométrico.

Como a força peso se aplica no centro da barra, a distância será l = d/2!

E o momento será P.l = P.(d/2). cos teta ou P.cos teta. (d/2)

abs

Jonas [Visitante] em resposta a: Questão 23 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2006

01-06-2010 16:03

Sem comentários. Site MARAVILHOSO! Grande Mestre Sérgio Lima.

Sérgio Lima [Visitante] em resposta a: Questão 27 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

26-04-2010 12:29

Olá Marcelli



cos (60) = 1/2



Assim 2.30.50.1/2 = 30.50 = 1500!



abs

Marcelli [Visitante] em resposta a: Questão 27 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

26-04-2010 09:27

o que vc fez pra raiz de 2 sumir??

(cosseno de 60 = V2/2)

Sérgio Lima [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

28-03-2010 08:33

Olá Letícia



A Inércia explica porque todas as caixas (e o avião), tendo a mesma VELOCIDADE HORIZONTAL, estarão sempre na mesma coordenada X.



Mas na vertical há aceleração (da gravidade). Logo, em intervalos de
tempos diferentes, terão deslocamentos VERTICAIS diferentes.



Resumindo. Todas as caixas tem mesma coordenada x (horizontal) e coordenadas y (verticais) diferentes.



Logo a opção A é a única que satisfaz estes requesitos.



Espero que tenha ajudado com sua dúvida.



abs

Letícia [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

27-03-2010 12:36

Entendi
perfeitamente o conceito de inércia , mas se as caixas estão sendo
largada com intervalos de tempo diferentes , como pode uma estar a baixo
da outra ?

Eduardo Nascimento [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

05-03-2010 18:00

Otimo
o site, o único problema é que todas as explicações que encontramos na
net, a pessoa responde de forma muito resumida, se todas as respostar
fossem feitas de forma mais explícita, a gnt não perguntaria tanto.

maria jose assuncao ferreira [Visitante] em resposta a: Dicas para o Novo Enem

28-11-2009 21:25

gostaria
de saber onde vai ser minha prova? qual o colegio e o endereco.quero
saber onde fica esta escola!Escola Estadual Geraldo melo dos santos.
recebi a mensange no meu celular mas nao sei o endereço. obrigada

francelio [Visitante] em resposta a: Questão 36 – 2 Exame de Qualificação – UERJ 2010

18-11-2009 12:44

cara a velocidade inicial e 60 km/h

60*0,5=50-v*0,5 n/ 50*0,5=50-v*0,5

v=40 v=50

vitor [Visitante] em resposta a: Questão 28 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2007

08-10-2009 17:40

esta
errada a resposta..a resposta certa seria letra B.. pq a alternativa A
mostra q a aceleraçao esta constante.. so a questao quer a aceleraçao
praticamente constante.. o q mostra na letra b





====


Opa Victor!

Em concursos e enunciados sempre considere “praticamente” com o sentido de “é” 🙂

Por sinal, a letra A é resposta no gabarito oficial! Na letra B temos um
arco de parábola que não é gráfico da velocidade de aceleração
constante!

abs

leo [Visitante] em resposta a: Questão 26 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2007

07-09-2009 18:50

As
suas resoluções são muito boas,mas eu não consegui acompanhar o seu
raciocínio para resolução ds questão 27 do primeiro examee de
qualificaão de 2007.Eu não compreendi porque teve um momento foi cos
teta e depois seno teta.Se poder explicar antes do dia 13 um pouco mais
detalhado esta questão eu fio grato.

Giulia [Visitante] em resposta a: Questão 23 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2006

06-09-2009 09:26

Amei esse site , agradeço o professor Sérgio F. Lima por ter me ajudado a entende melhor EMPUXO ! Obrigadaaaa !

Karol [Visitante] em resposta a: Questão 29 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

05-08-2009 04:48

Muito bom

Paula L. [Visitante] em resposta a: Questão 32 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

26-07-2009 14:31

mas é correto considerar b1 e b2=0 , ja que eles representam V, e V=0 naquele ponto da parabola (inverte o sentido).. ?



assim ficaria: (b1.t = 0.t = 0 e o mesmo com b2…



a1.(t/2)² = a2.t²



a1.t/4 = a2.t





gostei muito do seu site, quem dera um assim pra matematica ;D



Paula,

ES

nayara cristina [Visitante] em resposta a: Questão 32 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

25-06-2009 08:39

otimo por que o prof é muito bom é excelente..

jessyka [Visitante] em resposta a: Questão 26 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

09-06-2009 13:04

Prof°
eu fiz alguma coisa diferente na hora de multiplicar (Q=60x24x39,2),
por que deu 56448 e ñ 56401. me ajuda a decifrar onde esta meu erro ,
por favor ?!





====


Olá Jéssica!

Sua conta está correta! 56448 cal = 56,448 Kcal que é 56,4 Kcal com três algarismos significativos!

abs

jessyka [Visitante] em resposta a: Questão 27 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

09-06-2009 11:43

Mas como deu 120 se TM é 30 e TF é 50,não entendi direito?





====


Opa Jessica,

Foi aplicada a Lei dos cossenos! Tá lá no solução a expressão da Lei dos cossenos.

Abraços

jessyka [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

09-06-2009 11:24

prof° o que significa as letras O.G no resultado O.G=10 elevado a 5 ?





====


Olá Jéssica,

O.G. representa Ordem de Grandeza

Veja mais aqui:
http://www.infopedia.pt/$ordem-de-grandeza

abs

jessyka [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

09-06-2009 11:18

oi prof° sergio tudo bem me tira uma duvida , de onde saiu o número 6×10² ?





====


Opa Jessyka,

10 min = 600s = 6 x 10² s

abraços

Dalison Sergio [Visitante] em resposta a: Questão43 – exame de Qualificação 2- Uerj/2006

24-05-2009 10:06

PREACADEMICO DE ESTÍMULO AS LICENCIATURAS E ÀS DOCÊNCIAS







adimitindo g=10m/s^2



3.Um menino está a 11,25 m dew altura e deseja atingir sua amiga que se
encontra no chão ,a 10m da vertical onde se encontra o menino.E
movendo-se na sua direção com velocidade de 2m/s, soltado um balão cheio
d’água.Determine a distância que a menina de está da vertical para ser
atingida e qual o estante que o menino deve saltar o balão.[Usar t=0
quando a menina a 10m da vertical].



8.Um malabarista bolas para cima com uma diferença de 0,4s de uma bola
para outra . Se ele consegue manter até 3 bolas no ar, qual a altura
máxima atingida pelas bolas?



9.Uma pedra é abandonada do alto de uma ponte com altura de 45m acima de
um rio(queda livre ou movimento vertical?). Um segundo depois doutra
pedra é arremessada da ponte, de modo que as duas pedras batem na água
ao mesmo tempo. Qual a velocidade de lançamento da segunda pedra?



12.Um dardo é arremessado horizontalmente com velocidade inicial de
10m/s em direção ao ponto P,o centro do alvo de dardos. Ele acerta o
ponto Q no arco, abaixo P na vertical, 0,2s depois de lançado. Calcule o
valor da distância PQ e o valor da distância entre o alvo e local onde
ele foi lançado.



16.Uma bola é atirada no chão, quando ela atinge uma altura de
15m,observa-se que a sua velocidade é 20&3i^1/2+10jm/s(não coseguir
colocar raiz quadrada de 3i).Calcule a velocidade de lançamento,a altura
máxima atingida pela bola, o âgulo de lançamento e o alcnce da bola.

Dalison Sergio [Visitante] em resposta a: Questão43 – exame de Qualificação 2- Uerj/2006

24-05-2009 09:23

Será que você pode analizar e responder umas questões pra mim?

mario [Visitante] em resposta a: Questão 33 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

17-05-2009 13:53

Analise a resolução:

A partícula X percorre 0,2t em t segundos no sentido AB. Considerando o
ponto B como referência a posição de X em relação a B em t segundos será
(10-0,2t). Y percorre 0,1t no mesmo tempo no sentido BC, então sua
posição em relação a B será 0,1t.

A distância entre elas em qualquer instante é dada pela relação:

d=((0,1t)^2+(10-0,2t)^2 -2*(0,1t)*(10-0,2t)*cos 60°)^0,5



Podemos solucionar de duas maneira:

1ª) o extremo de uma função é obtido pela derivada: f’=0, isto implica em t=35,71(aproximadamente)

2ª) a função obtida é a raiz quadrada de uma quadrática cujo mínimo
(-b/2a) é maior que 1. Com isso sua raiz a torna menor ainda,então
t=35,71.

Eduardo [Visitante] em resposta a: Questão 35 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2008

11-05-2009 18:00

Porque o tempo de queda pode ser calculado como



X1 = g.(1/X1).t1²

?



Grato





====


Olá Eduardo,

Por que a equação horária do MUV é dada por

s = s0 + v0.t + a.t²/2

Como s0 e v0 são nulos fica só s = a.t²/2 e no caso do plano inclinado a aceleração a é dada por g.sen angulo = g.1/X

Logo sendo s = X1 teremos: X1 = g.(1/X1).t1²

abs

André [Visitante] em resposta a: Questão 33 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2008

09-05-2009 12:08

Eu fiz essa questao mas errei porque confundi as distâncias…por exemplo.. fiz a distancia do bR sendo 31 e nao 31 + 3 …

Fiquei com muito ódio… rs

Sérgio F. Lima [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

29-04-2009 05:16

Olá Henrique.



O tempo de duração do pulso é o tempo que leva para a luz percorrer uma pá!



Olhando para a figura verifica-se que metade dá área do disco é a área das pás e a outra metade da área de vazios!



Como cada pá passa pelo feixe a cada 1/9 s metade deste tempo é com
feixe sendo encoberto pela área das pás e a outra metade com o feixe
atravessando os espaços vazios entre as pás!



Por isso dividimos o tempo de de passagem de uma pá por 2!



Espero ter clareado sua dúvida.



abs

Henrique [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

29-04-2009 04:58

Olá Professor!

Não entendi a relação entre as areas que obstrui e a area q deixa passar com o fato da duração ser a metade do tempo.

Pode me dar uma ajudaa??

Obrigado

henrique [Visitante] em resposta a: Questão 26 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

24-04-2009 12:08

OLá.

Tem uma coisa q nao entendi:

Wr é a velocidade angular da roda traseira, entao nao seria
2.PI.14/tempo ?? Por que Na ultima parte da resoluçao wr está como
2.PI.49/tempo?



Obrigado!!





=====


Opa Henrique!

Sua observação está correta!

Na verdade eu tinha que ter escrito

Wr/Wc = Rr/Rc (velocidades angulares são inversamente proporcionais aos raios)= 49/14 = 7/2!

Já editei o texto com este final correto!

Obrigado por compartilhar a sua dúvida e me ajudar a colocar o desenvolvimento correto!

Abração pra ti

Leonardo Mangaravite [Visitante] em resposta a: Questão 32 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

22-04-2009 10:21

eu resolvi esse exercicio de outra forma

ao inves de usar a matematica usei a fisica.Os graficos representam um lançamento.

Hmax=at²/2.

entao no grafico 1

h=a1(t1)²/2

assim temos

a1=2h/t1²

no grafico 2

h=a2.(2t1)²/2

assim temos

a2=2h/4t1²



Concluindo

a1/a2=2h/t1²/2h/4t1

a1/a2=4





=========


Opa Leonardo,

Para uma prova de multipla escolha a sua soluçao ficou ate mais curta e
chegou ao mesmo resultado.

Mas se fosse discursiva tem um erro!

Considerando que o gráfico é de MUV (S = So + Vo.t + a.t²/2)

So = 0 mas Vo não é 0! Logo você não poderia dizer que Hm = at²/2 !

No mais, obrigado por compartilhar a sua solução.

OBS: Num segundo e-mail, em particular, o Leonardo enviou a
solução abaixo que está correta e é até mais curta e elegante do que a
que eu publiquei!

[Solução do Leonardo]
Hmax=at²/2.
> >
> > ficaria assim
> >
> > grafico 1
> >
> >
> >
> > Hmax=a1(t1/2)²/2
> >
> > a1=8h/t1²
> >
> >
> >
> > grafico 2
> >
> >
> >
> > Hmax=a2(2t/2)²/2
> >
> > a2=2h/t1²
> >
> >
> >
> > a1/a2=8h/t1²/2h/t1²
> >
> > a1/a2=4
[/Solução do Leonardo]

Edgar Rossi [Visitante] em resposta a: Questão43 – exame de Qualificação 2- Uerj/2006

17-04-2009 16:35

Eu adoro isso.

Isabella [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

05-04-2009 19:34

Olá
Prof. Sergio, gostaria de tirar um duvida: da onde saiu o “80.10”, que
no caso, entrou no lugar da Normal? Obrigada desde já, tenho tirado
muitas duvidas por este site! Abs.



=====


Opa Isabela,

É ques esta questão usa os mesmos dados do enunciado da questão anterior (36);
http://aprendendofisica.pro.br/vestibular/questao-36-exame-qualificacao-1-uerj-2009

A massa da pessoa era de 80Kg, logo o seu peso (P = m.g) é igual a:

P = 80.10 = 800N

E como sabemos, na situação de equilíbrio vertical o peso é igual a normal!

Espero que tenha esclarecido a sua dúvida.

abs

Isabella [Visitante] em resposta a: Questão 27 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

05-04-2009 18:26

Ótima a explicação! Obrigada pela ajuda!

Taiane [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

17-03-2009 13:38

Gostaria de saber o porque do segundo caso; o tempo foi de 6.10².

não conhecia o site,desde já adorei.

grata





====


Opa Taiane,

O enunciado diz que o elétron vai viajar durante 10 min = 600s = 6 x 10²s.

Espero ter esclarecido a sua dúvida.

abs

Jakson [Visitante] em resposta a: Questão 32 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

03-10-2008 12:32

eu não entendi a parte que vc disse “combinando”.Como você “combinou”?

Sérgio F. Lima [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

22-09-2008 09:32

Opa Rogerio!



Se você der uma lida nos comentários anteriores verá que esta expressão é
típica em enunciados e modelos físicos… e significa que é sim para
desprezar a resistência do ar!



Assim, na horizontal, não há forças e logo, por inércia, somente a
componente horizontal da velocidade dos móveis será a mesma… portanto
na foto todos os móveis devem estar na mesma vertical!



Sem necessidade de limites nem nada 🙂







Esta é uma questão conceitual! Tem que entender o conceito e não decorar macete de “cursinho” 🙂



abração

Rogerio [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

22-09-2008 08:27

“Nessas circunstâncias, os efeitos do ar praticamente não interferem no movimento das caixas.”



Simplesmente acredito que essa frase não caracteriza, em nada, a
inércia. Alias, acho que, para que essa questão seja considerada,
haveria de ter uma frase pedindo para despresarmos quaisquer
conhecimentos matemáticos e lógicos – e ainda assim teríamos argumentos
para questionarmos isso.



Um amigo deu uma solução que, aparentemente, mais cabia para a resposta.
Mas envolvia o principio de Limites, que não é visto em nenhum curso de
formação geral. É uma pena apoiar-se numa teoria desse porte. Beira a
covardia desnecessária.

Sérgio F. Lima [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

20-09-2008 10:50

Olá Raquel!





Deveria e foi utilizado 🙂



abraços

Raquel [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

20-09-2008 08:39

Não deveria ser considerado o referencial de quem tirou a fotografia?

caroline [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

19-09-2008 13:34

Pelos
dados da questão, a componente horizontal da velocidade das caixas tem o
mesmo módulo da velocidade horizontal do avião, o que nos assegura que
as caixas devem estar na mesma vertical baixada do avião. Só por isso, a
resposta deveria ser a letra A, como proposta pela banca.

No entanto, a questão é explícita quanto a desconsiderar os efeitos do
ar, mas é omissa no que diz respeito ao campo gravitacional terrestre.
Deste modo, a velocidade média vertical entre as duas caixas mais baixas
é maior que a velocidade média vertical entre as duas caixas mais
próximas do avião, logo o item A não está correto uma vez que não
considera o campo gravitacional terrestre.

A banca poderia arrazoar alegando que o referido campo foi
desconsiderado, o que não é verdadeiro, considerando-se os itens C e D,
que não estão corretos quanto à trajetória por não estarem na mesma
vertical do avião, no entanto mostram diferença crescente na velocidade,
isto é, o campo gravitacional foi considerado.






=======


Opa Caroline!

A sua ponderação sobre o movimento vertical é correta! Mas ela não
influencia na solução! Em todos as outras opções a velocidade horizontal
do avião difere da velocidade horizontal das caixas, o que as tornam
erradas.

Os desenhos dos deslocamentos verticais, incorretos, nesta questão não
influenciam na solução, sendo apenas um preciosismo (no contexto desta
questão).

Abraços

Aloysio Reynato Breves Beiler [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

19-09-2008 00:10

Não
creio que haja dificuldade na solução da questão para os candidatos
que saibam o que é inércia e relatividade de referenciais, mas, com
certeza, a mesma não foi bem formulada.

Ainda que a expressão, “praticamente não interfere/m” possa ser padrão
em enunciados de problemas de Física, acho mais claro a expressão
“desprezível” ou “desprezar/ o atrito, a resistência do ar etc”, pois
desta forma, fica evidenciado que não se deve considerar de modo algum,
algo que foi desprezado, porém no caso de “praticamente” pode-se
observar o uso deste advérbio em situações nas quais o sentido ganha uma
conotação de situações pouco favoravéis na prática, mas que por muitas
vezes apresentam soluções baseadas em elementos teóricos e até
desfavoráveis estatisticamente como nos exemplos: João estava
praticamente morto e sobreviveu., O time tinha praticamente perdido o
jogo, mas o mesmo foi anulado. etc. Em resumo,na questão em análise,o
trecho do enunciado “praticamente não interferem” não o torna muito
claro, tendo como agravante o que se pode observar no trecho a seguir:
“Quatro pequenas caixas idênticas de remédios são largadas de um
compartimento da base do avião, uma a uma, a pequenos intervalos
regulares. Nessas ircunstâncias, os efeitos do ar praticamente não
interferem no movimento das caixas.”. Ora, se os efeitos do ar
praticamente não interferem no movimento das caixas,pura e simplesmente,
por que então é feita referência às circunstâncias nas quais os efeitos
do ar não interfereriam no movimento das caixas? Circunstâncias estas
que seriam os fatos de se lançar quatro caixas idênticas de um avião,
uma a uma e a pequenos intervalos regulares. Que relação têm estes fatos
com os efeitos do ar? A menos que se considere também que os intervalos
regulares de lançamento de cada caixa sejam tão pequenos que ao se
lançar a quarta caixa, com ou sem resistência do ar, o observador veria
as caixas uma após outra alinhadas na vertical e por alguns instantes
dando a impressão que seguiriam a trajetória horizontal da aeronave.

Agora!Se quisermos ser tão rígidos quanto a qualidade e a precisão de
uma imagem capturada por uma máquina fotográfica em um determinado
instante do movimento do conjunto logo após o início da queda da quarta
caixa e antes de a primeira atingir o solo, dever-se-ia realizar tal
questão em campo, para que o candidato pudesse fazer o registro
fotográfico da queda das caixas, as quais deveriam ser jogadas do avião
em intervalos de tempo extremamente curtos para que se pudesse desprezar
na prática os efeitos do ar sobre as mesmas e aí sim o candidato
poderia ver as caixas alinhadas verticalmente e debaixo do avião como na
opção: A, a olho nu, pois as câmeras fotográficas estão tão rápidas que
provavelmente capturariam os efeitos do ar sobre as caixas e os da
velocidade do avião, se afastando das mesmas, ainda que o lançamento
fosse quase instantâneo.

Por outro lado, se a questão fosse formulada de forma mais clara,
considerando a resistência do ar desprezível,sem relacioná-la com o
lançamento regular ou não das caixas como circunstâncias determinantes
da mesma, poder-se-ia eliminar todas as forças que pudessem comprometer o
movimento inercial das caixas com relação ao avião,no sentido
horizontal, restando o peso que faria com que as caixas caíssem num
movimento vertical (MUV), que devido à aceleração da gravidade faria com
que houvesse diferentes distâncias entre cada caixa no sentido
vertical.

Pode-se então concluir que se a questão for considerada bem formulada,
tendo como resposta uma opção convincente, então esta opção seria a A,
mas se os fatos relatados forem considerados argumentos válidos para
dúvidas de muitos candidatos, a opção mais apropriada seria a C, com
muitas reservas, ou que tal reformular o problema e ao invés de se
lançar caixas, fossem disparados quatro projéteis de uma metralhadora,
em direção ao solo e assim devido à velocidade dos disparos e a forma
dos projéteis, nem a velocidade do avião e nem a resistência do ar
comprometeriam uma impressão fotográfica dos mesmos, bem aproximada da
posição do compartimento base do avião na horizontal, bem como o
alinhamento vertical dos projéteis.

Outra observação que poderia trazer dúvidas, é que se superpuséssemos
várias fotografias obtidas em intervalos de tempo diferentes, veríamos
quatro parábolas iniciando uma a uma respectivamente, a medida que as
caixas fossem largadas do avião, cujo alinhamento vertical com
distâncias diferentes entre elas só seriam interrompidos a medida que
cada caixa caísse ao solo,e da mesma forma as mesmas manter-se-iam
debaixo do avião, acompanhando a velocidade horizontal do mesmo até que
todas caíssem ao solo.

Sendo mais claro. Não seria melhor anular esta questão para não macular a imagem de um exame de qualificação tão bem preparado.










=====


Opa Aloysio!

Obrigado por qualificar este tópico com seus argumentos.

Pessoalmente acho que (isto é bem subjetivo) que se o termo
“praticamente não interfere” foi utilizado devemos usar o princípio da
solução mais simples (que é um princípio científico!). Logo as forças
horizontais deveriam ser consideradas nulas, para todos os efeitos
práticos.

A velocidade de saída das caixas (horizontal ou vertical) não interferem
na solução do problema, pois o que os avaliadores queriam identificar é
se o candidato conhece o princípio da inércia a a relatividade da
descrição dos movimentos!

Se por um lado é verdade que as distâncias verticais deveriam ser
diferentes, também é verdade que isto não interfer na resposta.

Qual é o ponto central? Num instante qualquer todos os móveis (caixa e
avião!) devem estar sobre a mesma vertical (mesmo movimento horizontal)
logo só a letra A mostra isto. A letra C está errada! Pois indicaria que
o avião tem a maior velicidade horizontal!

A foto é só uma metáfora para um certo instante!

Pessoalmente acho que NÃO CABE a anulação da questão! Por sinal, a menos classica da prova!

Mas veja, é só minha opinião! Não quer dizer que tenha que ser assim!

Obrigado mais uma vez por investir tempo em qualificar esta discussão!

Abração

Sérgio F. Lima

Camila [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

18-09-2008 12:47

“Quatro
pequenas caixas idênticas de remédios são largadas de um compartimento
da base do avião, uma a uma, a pequenos intervalos regulares.”



se as caixas foram abandonadas em intervalos de tempo diferentes, ou
seja, não foram abandonadas todas juntas, elas não deveriam estar uma
abaixo da outra. Ao meu ver, deveriam estar com a mesma velocidade do
avião sim, mas em locais diferentes, devido ao intervalo d tempo no qual
foram abandonadas… Não sei se consegui ser clara. Mas se puder me
esclarecer…



Obrigada!

Sérgio F. Lima [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

18-09-2008 09:17

Opa Marcela e Marianas!



Essa é uma expressão padrão nos enunciados! “Praticamente não interfere” deve ser entendido como desprezível!



Logo eu acho que a questão está boa… se você quiser encontrar um item
para “encrespar” seria o fato das distâncias estarem iguais (não
deveriam)…



Mas mesmo assim, acho que a questão está bem formulada!

Marcela [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

17-09-2008 16:54

Primeiramente, boa noite!



“os efeitos do ar PRATICAMENTE não interferem no movimento das caixas.”



Ao meu ver, quando ele explicita isso no enunciado, ele não fecha a
questão. Não deixa claro que o candidato deve desprezar as forças,
totalmente, dessa forma, não podemos considerar “Nula” a ação
horizontal. Por isso, penso que essa questão não foi bem amarrada,
deixando margem para mais de uma interpretação.



Gostaria de saber sua opinião. Grata.


Mariana [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

17-09-2008 11:20

Eu tenho a mesma dúvida que a Mariana.Você pode explicar por que as distâncias entre as caixas não são diferentes?

mariana [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

16-09-2008 08:10

se as caixas caem em queda livre, isso não seria MUV? e por isso, as distâncias entre as caixas não deveriam ser diferentes?


Daniel [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

16-09-2008 07:52

“Nessas circunstâncias, os efeitos do ar praticamente não interferem no movimento das caixas.”

O enunciado abre uma brecha, pois ele não diz que o efeito do ar na
caixa não é completamente nulo, portanto em relacao ao aviao, as caixas
teriam sim um deslocamento…nao?

Sérgio F. Lima [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

15-09-2008 16:13

Olá Fernando!



A trajetória seria parabólica e não elíptica!



Mas a pegadinha da questão é que é uma foto! Logo ela captura um momento
das trajetórias de todos os móveis! Como todos tem a mesma velocidade
horizontal (mas não vertical) todos aparecem na mesma foto, sob a mesma
vertical.



Por não aparecer na foto os momentos anteriores e posteriores, não aparece a parábola!



Espero ter esclarecido um pouco mais a questão!

Sérgio F. Lima [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

15-09-2008 07:20

Opa Priscila!



Sim, o avião e as caixas tem o mesmo movimento horizontal! O que isto
significa? Que em cada instante eles tem o mesmo deslocamento
horizontal, logo uma foto deve sempre pegar o avião e as caixas na mesma
vertical (todos andando juntos na direção horizontal, mas com
movimentos na vertical diferentes.)!



Lembre-se que a ! Lei de Newton diz: Na ausência de forças o móvl está parado ou com velocidade constante!



Logo, na direção horizontal, todos os móveis (avião e caixas) tem a
mesma velocidade! Caixas caem, mas sempre debaixo do avião, devido as
mesmas velocidades horizontais 🙂





Por isso a física é bonita! Como diria Marx: “Toda ciência seria
supérflua se a essência das coisas coincidisse com as aparências” 🙂



Bons estudos!

Priscila [Visitante] em resposta a: Questão 37 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2009

15-09-2008 04:55

Olá, Bom dia!



Referente a questão 37 compreendi o fato de nao existir forças horizontais, porem o avião não está em movimento??

Com o avião em movimento nao entendi como pode ser a opção A. Gostaria de uma orientação se possível.



Obrigada.

Camila [Visitante] em resposta a: Questão 40 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2007

11-09-2008 10:40

Caramba achei a questão muito dificil.

Ainda mais eu que tenho muita dificuldade em fisica.

Tava procurando a resolução dessa questão na internet e achei esse site

Muito bom

Obrigada





======


Opa Camila!

Esta questão não era uma das mais fáceis mesmo!

Espero que este espaço possa ser útil pra você eoutros vestibulandos!

abração

Suzana Espindola [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

10-09-2008 07:47

Eu gostaria de saber de onde que saiu esse 9 > 3,16

desde já agradeço.





====

Opa Suzana!

É que, por definção, para avaliarmos a ordem de grandeza temos que escrever o número em notação científica:

N = p x 10n

Se este número P for maior que 3,16 (raiz quadrada de 10) então a ordem de grandeza será: 10n+1

Se for menor ou igual, a ordem de grandeza será: 10n

Espero ter esclarecido a questão.

Abraços

Carla Leite [Visitante] em resposta a: Questão 27 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

08-09-2008 10:24

Sua explicação foi ótima, clara e muito boa.

Porém não consegui entender de onde você tirou ângulo entre TM e MF = 120 ??



Não consegui entender :S





====


Opa Carla!

Sem o desenho, realmente fica mais difícil entender… mas desenhe numa folha um hexágono.

Ligue cada vértice ao centro do hexágono: Você tem 6 triângulos equiláteros de ângulo 60 graus.

Agora faça isto na figura que aparece na solução que fiz:

Vocêw verá que as retas TM e TF estão em dois triangulos adjacentes isto é 60 + 60 = 120 graus.

Tem que fazer o desenho pra visualizar!

Espero ter esclarecido!

abraços

luciano ribeiro [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

02-07-2008 04:23

muito obrigado pelo esclarecimento da minha dúvida!

o site está excelente e está me ajudando muito!!!



abração.

luciano ribeiro [Visitante] em resposta a: Questão 31 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

01-07-2008 07:18

eu
gostaria de saber de onde que saiu esse 2×3 no numerador da questão da
velocidade. o site está excelente , muito obrigado pelas dicas.





====


Opa Luciano!

O comprimento da circunferênica (ds) é dado por 2 x pi grego  via Latex, provavelmente não visivel via feed :-( x R! Eu usei pi grego  via Latex, provavelmente não visivel via feed :-(
= 3 (e não 3,14) pois como queríamos apenas a ordem de grandeza, não há
necessidade de cálculos muito precisos! Por isso ficou 2 x 3 x 5 x 10-11m

Espero que tenha esclarecido!

Abraços

camila sixel [Visitante] em resposta a: Questão 27 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

28-06-2008 08:50

era simples essa questão, mas o nervosismo sempre prejudica!




=====


Opa Camila!

Por isso uma boa preparação faz diferença! Pois na hora da prova a boa preparação mantém o candidato mais calmo!

abraços e sucesso no vestibular!

João Ricardo Quintal [Visitante] em resposta a: Questão 41 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2009

26-06-2008 21:18

Excelente site. Continue sempre com o seu bom trabalho.



====


Valeu Joao Ricardo!

abs
<\i>

joao vitor [Visitante] em resposta a: Questão 43 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

21-06-2008 12:52

gostaria que voces enviassem para meu e-mail a resolução da questão 43 do segundo exame de qualificação de 2008

Tai [Visitante] em resposta a: Questão 33 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2008

20-06-2008 11:18

É
necessário conhecimento em todas as ciências exataspara a realização
correta da questão. Apresenta um nível de dificuldade devido á atenção
ue deve ser prestada em relação as unidades e afirmações.



====


Olá Tai!

Realmente, o candidato tem que ficar bem atento aos dados do enunciado e ter uma boa base de química, física e biologia!

[]’s

Alexandre Horstmann [Visitante] em resposta a: Questão 25 – Exame Qualificação 2 – Uerj/2008

15-06-2008 08:15

Vc teria tb o gabarito comentado das questões 26 e 33 do 2o exame de qualificação da UERJ 2008?



====


Opa Alexandre!

Espero publicá-los aqui o mais breve possível!

[]’s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.