Q7-2011-Física

Questão:Considere as seguintes informações do Modelo Padrão da Física de Partículas:
– prótons e nêutrons são constituídos por três quarks dos tipos u e d;
– o quark u tem carga elétrica positiva igual a 2/3 do módulo da carga do elétron;
– um próton p é constituído por dois quarks u e um quark d, ou seja, p = uud.
Determine o número de quarks u e o número de quarks d que constituem um nêutron n.

Resolução:Proton tem carga +e, assim:

e = 2u + d => e = +(4/3)e + x => x = -(1/3)e que é a carga de d!

Neutron é neutro, assim a soma das cargas de suas partículas deve ser zero!

0 = (-1/3 – 1/3 + 2/3)e o que implica 2 quarks tipo d e 1 quark tipo u

N = ddu

Comentário:Questão de matemática com informações de física! Na verdade o candidato só precisava saber a carga elétrica do próton e do neutron. Fácil!

Questão 36 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2012


A prova original, assim como seu gabarito, se encontram em:

Vestibular Uerj 2012

Enunciado

Uma sala é iluminada por um circuito de lâmpadas incandescentes em paralelo.
Considere os dados abaixo:
− a corrente elétrica eficaz limite do fusível que protege esse circuito é igual a 10 A;
− a tensão eficaz disponível é de 120 V;
− sob essa tensão, cada lâmpada consome uma potência de 60 W.

36) A resistência equivalente, em ohms, de apenas 8 lâmpadas acesas é cerca de:

A – 30
B – 60
C – 120
D – 240

Resolução

A resitência de cada lâmpada é dada por:
P = U²/R => R = U²/P = 120²/60 = 240 ohms.

Como as 8 lâmpadas estão em paralelo a resistência equivalente será dada por:

Req = R/n = 240/8 = 30 Ohm

Resposta (A)

Comentário

Questão disciplinar fácil. Pois é a aplicação de conceitos básicos de circuitos elétricos simples.


Questão 35 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2012

Papelaria - Submarino.com.br

A prova original, assim como seu gabarito, se encontram em:

Vestibular Uerj 2012

Enunciado

Uma sala é iluminada por um circuito de lâmpadas incandescentes em paralelo.
Considere os dados abaixo:
− a corrente elétrica eficaz limite do fusível que protege esse circuito é igual a 10 A;
− a tensão eficaz disponível é de 120 V;
− sob essa tensão, cada lâmpada consome uma potência de 60 W.

35) O número máximo de lâmpadas que podem ser mantidas acesas corresponde a:

A – 10
B – 15
C – 20
D – 30

Resolução

A corrente em cada lâmpada é dada por:

P = U.i => i = corrente = corrente = 0,5A

A corrente total nun circuito em paralelo é a soma das corrente em cada trecho. Logo:

n.0,5 = 10 => n = 10/0,5 = 20 lâmpadas.

ong>Resposta (C)

Comentário

Questão disciplinar fácil. Pois é a aplicação de conceitos básicos de circuitos elétricos simples

Livros - Submarino.com.br

Questão 38 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2011

Livros - Submarino.com.br

A prova original, assim como seu gabarito, se encontram em:Vestibular Uerj 2010

Enunciado

38) Em um experimento, uma pequena amostra de soro sanguíneo foi colocada em um suporte poroso embebido em meio formado por solução salina mantida em pH 6,0. Através desse suporte estabeleceu-se um circuito elétrico, como mostra o esquema abaixo.

q38

Sabe-se que:
– a carga elétrica de uma proteína depende do pH do meio em que está dissolvida;
– o ponto isoelétrico (pI) de uma proteína corresponde ao pH do meio onde ela é eletricamente
neutra;
– quanto mais afastado do pH do meio for o ponto isoelétrico de uma proteína, maior será sua
carga elétrica.

A tabela a seguir mostra os valores médios dos pontos isoelétricos e as velocidades de migração de quatro proteínas do soro sanguíneo, para essas condições experimentais:

tabela q38

A ordem crescente das velocidades de migração das proteínas citadas é:

(A) v3 – v1 – v4 – v2
(B) v1 – v2 – v3 – v4
(C) v1 – v2 – v4 – v3
(D) v3 – v4 – v2 – v1

Resolução

Do enunciado, quanto mais o PI da amostra for afastado do PH do meio maior será sua carga elétrica. Quanto maior sua carga elétrica, maior será a força elétrica que o meio fará sobre a amostra (uma vez que o meio faz parte do circuito elétrico indicado na figura, logo há um campo elétrico no mesmo) e consequentemente maior sua aceleração. Maior aceleração maior a velocidade final da amostra no meio (velocidade de migração)!

Da tabela vemos que as diferenças Pi – pH, em ordem crescentes, são:

v3, pois |6,6 – 6,0| = 0,6

v4, pois |4,8 – 6,0| = 1,2

v2, pois |7,6 – 6,0| = 1,6

v1, pois |8,0 – 6,0| = 2,0

Logo a ordem crescente das velocidades será dada por:

Resposta (D)

Comentário

Questão disciplinar média. Embora o enunciado faça menção a Ph e moléculas o candidato só precisa saber a influência do campo elétrico num circuito sobre um portador de carga elétrica e conectar isto com as informações do enunciado e compreensão da tabela de dados.

As questões dos vestibulares são de domínio público, o desenvolvimento das resoluções foram feitas por Prof. Sérgio F. Lima.

Papelaria - Submarino.com.br

Questão 26 – Exame Qualificação 1 – Uerj/2011

Livros - Submarino.com.br

A prova original, assim como seu gabarito, se encontram em:Vestibular Uerj 2010

Enunciado

26) Observe a representação do trecho de um circuito elétrico entre os pontos X e Y, contendo três resistores cujas resistências medem, em ohms, a, b e c.

questão 26

Admita que a sequência (a, b, c) é uma progressão geométrica de razão 1/2 e que a resistência equivalente entre X e Y mede 2,0 Ω.

O valor, em ohms, de (a + b + c) é igual a:

(A) 21
(B) 22,5
(C) 24
(D) 24,5

Resolução

Como os resistores estão em paralelo, a resitência equivalente é calculada pela expressão:

eq
eq (1)

E, pelo enunciado Rb = (1/2).Ra (2) (PG) e Rc = (1/2).Rb = (1/2.(1/2)Ra = (1/4)Ra. (3)

Substituindo (2) e (3) na equação (1) teremos:

eq

eq

Ra = 14 omega; Rb = 14.(1/2) = 7 omega e Rc = 14.(1/4) = 3,5 omega

Logo, (a + b + c) = 24,5 omega

Resposta (D)

Comentário

Questão multi-disciplinar de eletricidade e Progressões Geométricas bem fácil. Basicamente o candidato precisava aplicar as equações da associação em paralelo e a definição de Progressões Geométricas

Papelaria - Submarino.com.br