Roteiro de Física – Fase Teórica I

Colégio Pedro II – Campus Centro

Turma 1203

2º ano

Disciplina: Física

Professor: Sérgio F. Lima

Grupo: Carolina Alves – nº 03

Natalia Martins – nº 24

Tiago Araújo – nº 31

Viviane Thais – nº 33

  • Como determinar a altura do centro de massa?

O peso do corpo humano está distribuído por toda sua extensão. No entanto, há um único ponto do corpo (denominado centro de massa) ao redor do qual todas as partículas de sua massa estão igualmente distribuídas. A partir de estudos foi constatado que o centro de massa, do corpo humano, está localizado aproximadamente ao nível das três últimas vértebras lombares, variando de indivíduo para indivíduo. Para determinar esse ponto usaremos o seguinte procedimento: Deitaremos o aluno “atleta” numa gangorra, na qual o mesmo se moverá até que atinja o equilíbrio horizontal da mesma. O centro de massa será o ponto do corpo que está sobre o apoio da gangorra.

  • Como a posição dos braços influencia no centro de massa?

Movendo os braços para a cabeça, por exemplo, haverá uma maior concentração de massa nessa região e, para manter o equilíbrio, o centro de massa irá mudar para uma posição mais distante dos pés.

  • Como medir a altura alcançada no salto?

Gravando o momento do salto com as marcações de medidas próximas, de forma que ao pausar o vídeo poderemos ver a altura que a cabeça da pessoa alcançou.

  •  Deve ser o mesmo aluno que corre e salta? Por que?

Sim, porque alunos diferentes possuem massa e altura diferentes, o que altera a posição do centro de massa.

  •  Como avaliar/medir a energia cinética média?

A energia cinética de um corpo será cada vez maior quanto maior for a sua velocidade média e/ou sua massa. Podemos calcular a energia cinética média do aluno através da fórmula: Em= mv²/2 e sua velocidade através da fórmula: V= Δs / Δt na qual Δs é a distância percorrida pelo aluno “atleta” (medida com a trena) e Δt é o tempo utilizado nesse percurso de corrida mais salto (medido com o cronômetro)

  • Como avaliar/medir a energia potencial gravitacional média?

A energia potencial pode ser calculada através da fórmula: Ep= m.g.h, na qual adotaremos o valor para a gravidade (g) da Terra como sendo 9,8m/s².

Os instrumentos que vão ser utilizados são:

– Balança;

– Trena;

– Giz;

– 2 câmeras;

– Cronômetro.

A balança servirá para medir a massa do aluno, a trena para medir a altura do aluno, a altura do salto e a distância percorrida pelo mesmo durante a corrida, o giz será utilizado para marcações, uma das câmeras para registrar todo o experimento e outra para ficar mais próxima da altura alcançada pela cabeça do aluno ao pular (evitando distorções do zoom), o cronômetro será utilizado para medir o tempo de corrida do aluno (que será utilizado para medir sua velocidade média).

Feitas as medições, analisaremos as situações-problema verificando como os resultados calculados se relacionam com o movimento de nosso cobaia e suas implicações práticas.

 

Biliografia: http://www.profedf.ufpr.br/rodackibiomecanica_arquivos/Centro%20de%20Gravidade%202012.pdf http://www.eeffto.ufmg.br/biblioteca/1780.pdf

DOCA, Ricardo Helou; BISCUOLA, Gualter José; BÔAS, Newton Villas . Física volume 1. São Paulo: Saraiva, 2010.

Licença Creative Commons Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Esta entrada foi publicada em 2-ano, Relatório e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.