Apoio Emocional, Cognitivo e Aprendizagens de Física, precisamos ter esta conversa!

Contexto do Colégio Pedro II

Como todos devem saber, desde março de 2020, estamos impossibilitados de fazer nossa tradicional e bem conhecida educação presencial por conta da crise sanitária da COVID_19.

O Colégio Pedro II (como toda educação pública federal) demorou muito tempo para entender a extensão temporal da impossibilidade de se fazer educação presencial! Juntou-se a isso uma enorme rejeição do Colégio Pedro II em se fazer uma Educação Remota de Emergência!

Em nome de não se deixar ninguém para trás (e também pela falta de governo – não tivemos (e ainda não temos) um Ministro da Educação com capacidade de liderar a Educação durante a crise) ficamos imobilizados por 4 meses decidindo o que fazer!

Mas antes tarde do que mais tarde! Finalmente, após debates internos, o Colégio Pedro II decidiu pelo óbvio (não fazer nada é indefensável!). E o consenso possível foi a decisão de ofertar “apoio emocional e cognitivo” aos estudantes!

Apoio o que? A maneira do colégio mostrar seu neoludismo com qualquer forma de educação a distância foi usar o termo: “apoio emocional e cognitivo”. Como essa “categoria” não se encontra em nenhuma literatura acadêmica deixemos o próprio Conselho Superior do Colégio explicar o que isto significa exatamente: Nota do Conselho Superior à Comunidade Escolar do Pedro II

Pelo que pude entender:

  • Nada que fizermos como “apoio emocional e cognitivo” poderá ser usado para fins da burocracia escolar (dia letivo, matéria dada, etc…)
  • Todas as atividades são facultativas aos estudantes.
  • Buscar o máximo de inclusão nas atividades para que ninguém que deseje o “apoio emocional e cognitivo” fique impossibilitado de participar.

Não vou entrar aqui no debate sobre a total confusão (no seio da comunidade do Colégio Pedro II) sobre os conceitos de “aula”, “ensino” e “educação”.

Aula, Ensino e Educação precisamos diferenciar

O que pretendo fazer em acordo com as diretrizes emanadas dos GTs e em acordo com a equipe de Física do campus Centro

Com base nas reflexões retiradas, principalmente, daqui e daqui e exercendo o meu direito de liberdade de cátedra (que não se opõe a respeitar as deliberações coletivas sobre os princípios que vão sulear o tal “apoio emocional e cognitivo”) pretendo adotar as escolhas que já tinha explicitado em março de 2020:

  • Experimentar atividades que necessitem de pouca banda de internet, que sejam majoritariamente assíncronas e eventualmente usar outras tecnologias que não necessitem da internet.
  • Usar metodologias dialógicas numa perspectiva conectivista.
  • Usar o máximo de tecnologias abertas (com ênfase no minimalismo tecnológico) e recursos educacionais abertos

O que você, estudante, espera de um apoio emocional e cognitivo no contexto de aprendizagens de física ou ciência?

Em coerência com o segundo item da seção anterior, gostaria de ouvir os estudantes! O que você espera, no contexto da física, como campo de conhecimento, para te apoiar emocional e cognitivamente? Use os comentários abaixo! Caso prefira privacidade, pode enviar sua opinião para “cp2 arroba sergioflima ponto pro ponto br

Vamos aproveitar esta crise sanitária para experimentarmos novos arranjos para se aprender na era a Informação! Esqueça nota, dia letivo, programas curriculares.

Pense em aprendizagens numa era de abundância de conexões e informações! Que tal aceitarmos o “COVID” e tentarmos reinventar a Escola?

Publicado em 1-ano | Com a tag , , , | 4 Comentários

Pesquisa com os estudantes do Campus Centro

Aviso Importante

Se você é aluno do PROEJA ou da 1º série regular(2020), a escola gostaria de saber como você está para poder se organizar para um retorno (remoto ou presencial). Se puder, responda a este questionário (clique para respondê-lo):

Formulário de pesquisa sobre os estudantes do Campus Centro.

Publicado em Uncategorized | Com a tag , | Deixe um comentário

2 meses e 20 dias de isolamento social e contando… o que podemos fazer?

Introdução

Estamos em isolamento social e com suspensão das aulas presenciais desde o dia 16/03/2020. Desde o dia 19/03/2020 o Colégio Pedro II decidiu não acolher a educação a distância como política de mitigação da crise sanitária pela qual estamos passando. Naquele momento não tínhamos clareza sobre a duração do isolamento social.

Hoje, 05/06/2020, temos clareza que não será seguro voltar à educação presencial antes de setembro e mesmo após o retorno teremos que, pelos próximos dois anos, voltar ao isolamento social devido a novas ondas de contaminação da covid-19.

O que podemos fazer?

Gestores, Professores e Estudantes podem fazer muito mais do que só cruzar os prazos e esperar a crise passar!

A primeira coisa (e a mais importante) que todos nós (gestores, professores e estudantes) precisamos fazer, como nos indica o Professor Larry Ferlazo é sermos generosos com todos os envolvidos com a Escola e com nós mesmos! Se você não consegue se concentrar e estudar, não se culpe! Se nem todos os seus professores podem produzir materiais durante a pandemia pense que eles podem, também, estar com dificuldades de organização (filhos pequenos, pessoas que precisam de seus cuidados, etc) ou de outra natureza. Exercite a alteridade! Se na sua casa, às vezes, as pessoas ficam um pouco estressadas, entenda que vivemos tempos atípicos e estressantes!

Para os estudantes, continuo recomendando aquilo que falei em abril/2020: se puder, crie rotinas diárias de aprendizagem. O diagrama abaixo (da prefeitura de Macaé) te dá uma visão do que estou falando! Não precisa ser “matéria da escola“. Você pode se interessar em aprender sobre o que passa no noticiário e afeta a sua vida ou da sua família! Você pode se interessar por tentar entender o mundo atual, as questões que estão na ordem do dia, sua saúde, etc! O importante é tentar manter hábitos de aprendizagens!

Mantenha Rotinas

E para não tornar este texto muito grande eu deixo uma última sugestão para os estudantes! Tente fazer um diário de suas aprendizagens! O que funciona para você! O que não funciona! Quanto tempo você consegue se concentrar para aprender! Registre suas estratégias de estudo ou aprendizagem nestes tempos atípicos.

Não se preocupe com a tecnologia! Pode ser um caderno, um bloco de papel, um blogue, um perfil em mídia social. Nem precisa ser público! Apenas exercite o hábito de pensar, fazer e registrar seus hábitos de aprendizagem! Se quiser saber mais sobre esta estratégia de ter um “portifólio de aprendizagem” pesquise sobre portifólios na educação.

Fiquem bem! Protejam-se! Mantenham rotinas de aprendizagem! Sejam generosos com vocês mesmos e com os outros! Vamos ficar todos bem! Essa crise vai passar!

Mas é claro que o sol vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei
Escuridão já vi pior, de endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem…

Legião Urbana – Mais uma Vez

Publicado em Miscelâneas, Recursos Educacionais | 2 Comentários

Olimpíada Nacional de Ciências

Olimpíada Nacional de Ciências 2020

A partir de 01/06/2020 começam as inscrições das Olimpíadas Nacionais de Ciências. Por questões óbvias, a primeira fase será totalmente online.

Mesmo que você não se interesse em participar das olimpíadas, há também o Portal do Saber da ONC com materiais de outras edições da olimpíada nacional de ciências, assim como, simulados, quiz e interação com outros estudantes.

Fica então a dica para aqueles estudantes que se interessem por ciência e tenham os meios de acesso a estes recursos.

Se puderem, mantenham hábitos ou rotinas de aprendizagens, não necessariamente de física.Fiquem em casa, cuidem-se bem e dos seus.

Publicado em Recursos Educacionais | Com a tag | 7 Comentários