Roteiro de Replicação do Forno Solar

Rio de Janeiro, setembro de 2014

Colégio Pedro II – Campus Centro

1º Ano

Professor Sérgio Lima

Turma 2104

Integrantes do grupo:

Eduardo Maia Teller/n.7

Pedro Henrique Carvalho/n.31

Renata Gomes/n.35

Projeto de Física: Como fazer seu forno solar!

A construção de um forno solar tem como objetivo último o aquecimento de alimentos de forma econômica tanto em questão de energia quanto de dinheiro (os materiais a serem utilizados são bem acessíveis e de baixo custo).

Material utilizado para montagem:

  • Uma tesoura
  • Um rolo de fita crepe/durex
  • Um tubo de cola branca
  • Tinta preta (e um pincel)
  • Um rolo de papel alumínio e um rolo de PVC(transparente)
  • Três caixas (podem ser adquiridas pedindo no mercado) – a terceira para construção da tampa
  • Jornal
  • Uma trena (para medir as caixas)
  • Barbante

 

2014-08-25 14.15.00 2014-08-25 14.15.07 2014-08-25 14.15.29 2014-08-25 14.15.36 2014-08-25 14.33.44

 

Montagem:

Pegue duas caixas. Uma delas será a caixa de dentro e a outra a caixa de fora do forno. Corte e recorte como achar melhor para que as caixas fiquem do tamanho que julgar melhor. É importante ressaltar que as caixas devem ter uma diferença de tamanho de no mínimo 2,5cm para o e que a caixa de dentro deve ser mais baixa que a de fora.

2014-08-25 15.48.58

 

  • Caixa maior

2014-08-25 14.15.19

As abas da caixa maior podem ser cortadas, de forma que fique apenas uma (implemente com as outras abas para aumentá-la – use durex, fita crepe ou o que achar melhor para firmá-la). Essa aba se tornará o refletor de seu forno quando estiver pronto.

2014-08-25 16.15.07

A parte de dentro da caixa maior deve ser recoberta completamente de papel alumínio. Lembre-se de passar a cola na parte que MENOS reflete, pois a parte que reflete mais deve estar exposta para se obter maior eficiência no projeto.

2014-08-25 16.25.07

Faça o mesmo com a aba da caixa(refletor).2014-08-25 16.50.15

 

O resultado será mais ou menos esse:

10708011_699080096846101_576648088_n

 

 

As medidas de nossa caixa maior foram:

Comprimento:26 cm

Largura:35 cm

Profundidade:18 cm

  • Caixa menor

Pinte apenas o fundo da caixa menor de preto (ignore as paredes da caixa sendo pintadas na foto).

 

2014-08-25 15.48.42

Em seguida, cubra suas paredes internas com alumínio

10699162_699080213512756_499506652_n

 

As medidas da caixa menor ficaram:

Comprimento:23 cm

Largura:32 cm

Profundidade:13 cm

  • Tampa

Nessa etapa, precisaremos da terceira caixa (um pedaço de papelão também serve). Por acaso, a caixa que encontramos era propícia a se encaixar na caixa maior. Dessa forma, fizemos apenas alguns cortes e ajustes e o tamanho ficou bom.

Deve-se fazer um buraco quadrado – aproximadamente do tamanho da caixa menor – na tampa e o cubra-o inteiramente com pvc. Atenção na parte de colocar o pvc, para evitar pequenos rasgos ou furos.

2014-08-25 14.15.29thhered

  • Etapa final

Ponha a caixa menor dentro da caixa maior. Preencha o espaço vazio entre elas com jornal (este atuará como isolante térmico).10416630_699080253512752_2010310152_n

Encaixe a tampa no forno em seguida e prenda com um pouco de fita crepe nas pontas. Voi-la! Quando utilizar seu forno solar use o barbante para posicionar a tampa no melhor ângulo possível de acordo com a posição do sol!

10715872_699080286846082_422671852_n

 

 

  • Dia do experimento

No dia do experimento, enchemos com água uma frigideira preta, a cobrimos com pvc(para a água evaporada não escapar) e a colocamos dentro do forno. Após lacrado, fomos para a educação física e esperamos. No horário da aula, a água safada conseguiu evaporar quase toda mesmo com o pvc, mas ainda havia o suficiente para que fosse medida(ufa!). Vale lembrar que foi um dia bastante ensolarado, embora fosse inverno(??). O termômetro registrou 61 ºC(sessenta e um graus celsius).

  • Conclusão

Esse trabalho foi muito importante e interessante para nós, pois além de pontos, obtivemos conhecimento, que é o mais importante. Uma forma barata e eficaz de se aquecer alguns alimentos em um pouco mais de tempo sem custo. As toneladas de caixas jogadas fora inadequadamente todos os dias nos fazem ponderar a infinidade de fornos solares que poderiam ser construídos e a quantidade de energia que poderia estar sendo economizada. Que frutos sejam colhidos e que o conhecimento adquirido seja sempre usufruído no futuro!

<a rel=”license” href=”http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/”><img alt=”Licença Creative Commons” style=”border-width:0″ src=”https://i.creativecommons.org/l/by/4.0/88×31.png” /></a><br />Este obra está licenciado com uma Licença <a rel=”license” href=”http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/”>Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional</a>.

Esta entrada foi publicada em Física. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

1 respostas para Roteiro de Replicação do Forno Solar

  1. Uma excelente descrição da montagem mas nada sobre a física de funcionamento do forno!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.