Experimento de Física

Colégio Pedro II – Campus Centro
Grupo: Ana Beatriz ( nº 2) , Letícia Zisman (nº 16) , Samantha Tavares (nº 26) e Victoria Coeli (nº 30)
Turma : 1207
EXPERIMENTO DE FÍSICA DA 2ª CERTIFICAÇÃO
No laboratório de física, fizemos um experimento no qual havia um bloco B em uma mesa,ligado num bloco A (que estava pendurado distante da mesa e apoiado por uma roldana).
No momento em que soltamos o bloco B, o bloco A desceu uma altura H,que foi percorrida também pelo bloco B. Com a aceleração obtida, o bloco B percorreu uma distância a mais, com relação ao H.
Com a ajuda de um cronômetro automático que marcou o tempo de queda do bloco A, o experimento consiste em medir a altura do bloco A, a distância a mais de B e a massa dos respectivos blocos.
Massa do bloco A = 87g (± 1)g
Massa do bloco B = 105g (± 1)g
H (altura) = 45 cm (± 0,1)cm = 0,45 m (± 0,001)m
T (tempo de queda) = 0,434 seg –> aproximadamente 0,43 (± 0,01)s
X = 44 cm(±0,1)cm = 0,44 m (± 0,001)m

Usamos a equação abaixo para obter o coeficiente de atrito (μ) :
Ma.H/(Ma+Mb).X+Mb.H =
87. 0,45/(87+105). 0,44 + 87. 0,45=
39,15/192. 0,44 + 39,15=
39,15/84,48 + 39,15=
39,15/ 123,63=
0,316 (± o,1)

Foi preciso desenvolver a 2º lei de Newton, para calcular a aceleração teórica:
2º Lei de Newton Fr= m.a
Fat = μ . N >>> Fat = μ . Mb.g
Ma.g –T = Ma . a
T- μ . Mb . g = Mb .a
Ma . g – μ . Mb . g = (Ma + Mb)
a= g(Ma- μ . Mb)/ Ma+ Mb

Botando os valores:
a= 9,8( 87 – 0,316 . 105)/ 87+ 105
a= 9,8. 53,82/ 192
a= 527,436/192
a=2,747 m/s² (± 0,5)

Para termos a aceleração experimental, usamos a equação do MUV, já que nos referimos ao instante em que o bloco B percorre apenas a altura H. Dessa forma:
∆S = H= 0,45m(±0,001)
Vo=0
∆S= Vo.t + at²/2
0,45m= 0. 0,43s + a. (0,43)²/2
0,45= a.0,1849/2
0,45.2 = 0,1849a
0,9 = 0,1849a
a= 4,867 m/s² (± 0,20)

Esta entrada foi publicada em 1207, 2-ano, 2015, CP2, Experimentos, Física. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

1 respostas para Experimento de Física

  1. A representação das medidas estão todas com o número incorreto de algarismos significativos! Não ocorreu dedução das equações nem discussão sobre a diferença entre valor experimental e teórico da aceleração de queda do bloco A!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.